Sunday, December 17, 2006

Natal de Mau Dick






Natal e, e sempre sera Natal
O Menino na manjedoura nasceu
Nao importa a riqueza material
Pois Jesus nasceu em Aileu

Nasceu em Aileu, Balibo e Soibada
Bobonaro, Maliana e Atabai
Nasceu para todos os timorenses
De loromonu, Atauro e lorosai

Vamos a missa do galo
Rezamos hinos de louvor
Pois nesse dia nasceu
Jesus o nosso Redentor

Neste ano muito especial
Vou-lhe pedir com carinho
Que ajude o povo de Timor
A seguir o bom caminho

(Boas Festas de Natal
Resto resto venha ca)

Um Abraco

Mau Dick

2 comments:

António Veríssimo said...

NATAL POR TIMOR


Caminho sereno
Perseguindo a estrela
Desejoso de lhe escutar o brilho
Não canso os olhos
de tanto a olhar
Olho-a como a um filho
Dizem os que me rodeiam
que faz mal
Querer ver e não parar
Mas eu tenho a força
de acreditar
Na luz que a estrela me vai dar
Para sentir
Que mesmo com dôr
é mais Natal
por Timor

Anonymous said...

Mau Diack

gossto deste teu poema.

Quero com amizade
As Boas Festas desejar
Aqui neste recanto
bem longe
recordo o nossos Natal
As correrias na rua
Da minha casa a tua
De Fatu Meta a Fatu Hada
Do Cortinhal
gritam os amigos!!!
fBoas Festas de Natal!
Resto...Resto...
venha cá.

Boas Festas de

Manecas