Friday, February 09, 2007

As Presidenciais - Anonimo

VEM AI AS PRESIDENCIAIS
PARA MUDAR O QUE NAO PRESTA
JA HA LISTA COM MUITOS PARDAIS
E A VER VAMOS QUEM FARA FESTA

DE CARRASCALAO A CARRASCALAO
DE ABILO,TILMAN A RAMOS HORTA
OS TIMORENSES LOGO RESPONDERAO:
ESTAMOS FARTOS DESTA CEPA-TORTA!

EM VEZ DE GENTE CONHECIDA
MARIA CINCO PILHAS E A IDEAL
ELECTRICIDADE SERA ESTABELECIDA
E O POVO TERA GRANDE BACANAL

VOTEM PARA A MARIA CINCO PILHAS!
OBRIGADO

3 comments:

António Veríssimo said...

Amigo Maracujá

Não estou recordado se já aqui foram transcritos poemas de Florbela Espanca, mas se eventualmente estiver a repetir algo penso que não fará diferença devido a Florbela ser uma grande poetisa e nunca nos enfadar.

Nesta semana que agora se inicia penso já ter novidades sobre os "Meninos de Barriga Vazia", no entanto era bom que localizassem os casos, se possivel.

Um grande abraço para todos!



"SER POETA"

de: Florbela Espanca


Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!
É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim ...
É condensar o mundo num só grito!


E é amar-te, assim, perdidamente ...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Anonymous said...

ESTE E UM POEMA PARA O JOAO DO TIMOR CARTOON.

SE EU PUDESSE


SE EU PUDESSE TROCAVA ESTE TUDO
POR AQUELE EM TUA KOIN, DO NADA
LUGAR DE PAZ, BELEZA E SERENIDADE
NO MEU TIMOR, TERRA MINHA AMADA

TROCAVA SONS DE TOKE E LAGARTIXA
MUITO MAIS TOLERANTES E NATURAIS
POR ESTA AZAFAMA QUE ME ENSURDA
NUM MUNDO CHEIO DE IRRACIONAIS

TROCAVA O DESPERTADOR PELO GALO
PARA ACORDAR E PODER MARAVILHAR
ESTA BELEZA QUE ME VIU NASCER
NO MEU TIMOR LESTE DE ENCANTAR

SE EU PUDESSE ERA JA HOJE
NEM TAO POUCO OLHAVA PARA TRAS
MAS O DESTINO TEM DESTAS COISAS
E PRECISO ESPERANCA, MEU RAPAZ

UM ABRACO

MAU DICK

Maracuja Maduro said...

Caro amigo Antonio verissimo;
Sim Floberbela Espanca ja ca este, como o proprio Antonio Verissimo diz, o sua poesia é tão grande e sentida que o facto de se repetir apenas vem dar valor á nossa página e ao nosso sentir.

Quanto aos "Meninos de Barriga Vazia" , é ao virar de cada esquina encontramos muiot deles. Tantas vezes compro coisas e fico a espera a frente deles, ve-los comer ate acaba só então parto. Dar-lhes dinheiro muitas vezes, ou melhor tenho quase a certesa que vai parar as mão alheias. No entanato atraves do seu email dar-lhe-ei pormenores.

Bem hajam

Maracujá