Friday, January 08, 2010

"O Mapa" de Vertigem


Pareces-me perdida de mim. Vou desenhar-te um mapa.

Atravessa esse muro de silêncio. Observa, não é sólido.
Eu sei, agora ouves muitas vozes, muitos sons, mas concentra-te num só
O dos teus pés, esse caminhar rítmico da tua própria ânsia,
esse pulsar de paixão e saudade que te faz partir em primeiro lugar.

Para onde? Para o mar, como todos os rios,
até te diluires com o sal em todas as praias do mundo
e banhares a encostas da incerteza com uma maré
de sonhos aveludados anunciados por um anjo
de faces azuis e ondas em vez de sorrisos.

Quando perceberes que estás a voar aos círculos,
abrandarás, e morrerás na dúvida e na espiral que
te recolhe e embala... lentamente
para o sono abraçado da minha ausência
aceitando o fim e descansando na areia quente
da minha praia.

Estarás em casa.

Vá... não desanimes
tenta perceber
que o mundo
não é feito de peças que se encaixam
ou de mapas do tesouro
nem existe por ter uma razão de ser.
Ele é feito de pensamentos,
de vontade,
e de gestos constantes na ansiedade velada.

Mas não te enganei,
eu sempre vivi nos sonhos que semeio,
nas planícies desertas que estendo à minha volta,
nas formas das nuvens que vês deitada na relva,
no cheiro a humidade desse barro sinuoso que é a imaginação,
percorrendo com respostas a mão que escreve.

Eu vivo
dentro de ti.

O início será assumir,
o fim foi esquecimento.


"Vertigem”

2 comments:

Kaduak said...

CONTEUDO DA CARTA DE RAILOS EM POESIA!


CARO SENHOR PRESIDENTE
MAUN BOOT DE TODOS NOS
SOU FILHO DE BOA GENTE
QUERO REVELAR O SEGREDO A SOS

PARA QUE ISSO ACONTECA
AMANHA OU MESMO AGORA
E PRECISO QUE UM FAVOR LHE PECA
TIRE-ME DA CADEIA DE BECORA

ASSIM QUE ISSO ACONTECER
VOU-LHE CONTAR TINTIN POR TINTIN
SEJA A NOITE OU AO AMANHECER
SEREI O SEU NOVO RINTINTIN

QUERO O MAU RAMBO PRA GUARDA COSTAS
PORQUE EM POLICIAS NAO CONFIO
NAO QUERO PERDER AS APOSTAS
E ACABAR NU A RAPAR FRIO

SE ACEITAR ESTA MINHA OFERTA
RESOLVEREMOS O PROBLEMA TODO
ENVIO-LHE ESTA CARTA ABERTA
QUERO CHEIRAR A LIBERDADE DE NOVO

A BEM DA NASAUN
RAI LOS KOLIA TEBES

POEMA DE KADUAK

Anonymous said...

PAZ ONTEM, AMOR HOJE


A PAZ JA FOI CANTADA
ESPEREMOS QUE DE FRUTOS
VAMOS CANTAR O AMOR
DEIXEMOS DE SER BRUTOS

O AMOR E COISA LINDA
QUE SE CRIA E CONTAGIA
O AMOR E DEVERAS COMPLICADO
QUE AS VEZES SE TORNA FANTASIA

EU AMO, TU AMAS, ELE AMA
CADA UM O SEU AMORZINHO
EU AMO TODOS DE IGUAL
SEJA GRANDE OU PEQUENINO

O AMOR TAMBEM SE DESGASTA
E PRECISO RECARGAR A BATERIA
AMOR COM PILHA NOVA ENCANTA
A JOANA, PULQUERIA OU A MARIA

O AMOR TEM QUATRO LETRAS
MAS SIGNIFICA TODO UM CONDADO
UMA PALAVRA TAO CURTINHA
COM TAO GRANDE SIGNIFICADO

TIMOR E AMOR SAO PRIMOS
DE UMA PRESTIGIOSA REALEZA
O AMOR E O CHEFE SUBLIME
E TIMOR A SUA BELA PRINCESA

MAU DICK