Friday, August 10, 2007

"POVO SEM VOZ" de Xanana Gusmão




Nosso grito é o silêncio
Na passagem do tempo
E o tempo é o sangue
No silêncio do mundo!

- Ouvi, mundos!

Ouvi , gentes da política!
Invadistes a nossa Pátria com o Suharto,
Isolastes Timor-Leste na guerra fria
e torturasses-nos com a indiferença

e matastes-nos com a cumplicidade.

- Ouvi, ouvi as vossas culpas!
Desengajastes a nossa causa com Jacarta,
Minimizastes o nosso direito na ONU
e prendestes-nos com iénes
e massacrastes-nos com dólares.

Nosso tempo é o silêncio
Nas mudanças do mundo
e o sangue é o preço
nos mundos do silêncio!

- Ouvi, mundos!

Ouvi, gentes do poder!
Abençoastes a mortandade com Catedrais,
Enterrastes a tragédia nos investimentos
e desafiastes a nossa consciência
e reprimistes os nossos anseios.

- Ouvi, ouvi as vossas culpas!
Atraiçoastes os vossos próprios princípios,
Manipulastes as vossas próprias normas
e encarcerastes-nos na realpolitik
e matastes-nos como os direitos humanos.

...Somos POVO SEM VOZ
alma sem fronteira com a dor
corpo na escravidão aberto ao tempo
Pátria - um cemitério de interesses!
A nossa luta...
é a história
do poder do silêncio!

Xanana Gusmâo

5 comments:

António Veríssimo said...

Caro Maracujá

Há algum tempo que não apareço a manifestar o meu apoio e interesse neste tão estimado blog, mas nem por isso tenho deixado de visitá-lo sempre que posso.

Já é tempo de mostrar alguma colaboração e aproveito para salientar e referenciar o centenário do nascimento de um grande escritor e poeta português que ontem, 12 de Agosto, comemoraria os 100 se fosse vivo fisicamente: Miguel Torga.

Em Portugal comemoraram-se os 100 anos do seu nascimento.
Também aqui o considero digno de ser lembrado com um simples poema.
Fica o poema e um abraço para todos.

Prospecção

Não são pepitas de oiro que procuro.
Oiro dentro de mim, terra singela!
Busco apenas aquela
Universal riqueza
Do homem que revolve a solidão:
O tesoiro sagrado
De nenhuma certeza,
Soterrado
Por mil certezas de aluvião.
Cavo,
Lavo,
Peneiro,
Mas só quero a fortuna
De me encontrar.
Poeta antes dos versos
E sede antes da fonte.
Puro como um deserto.
Inteiramente nu e descoberto.

Miguel Torga

Anonymous said...

Avança Camarada!

Grande é a Nação
que nunca se-teme perante qualquer leviatã
que nos dera tanta a inspiração
na luta heróica e sangrenta
para ser firme, convicto e resistente

Grande é o Povo
O orgulho é de ser Maubere
Juntos pegamos nas armas
avançamos paço a paço
libertamo-nos das garras
do regime fascista

Camarada, avança!
Estamos diante um novo domínio
De "maun boot" que hoje um lacaio
dos vizinhos que dantes nos serviam de opressor
Do quem era o nosso "irmão maior"
hoje à Nação se tornou traidor

Avança Camarada!
A Nação em agonia.


Escuta camarada,
O grito do Povo!

A revolução será completa
quando livre é o Povo
e ao Povo a Nação devolvida!

"Grito"

Anonymous said...

A VOZ DAS URNAS

A VOZ DAS URNAS PRONUNCIOU-SE
A MAIORIA NAO E DA FRENTE
HA QUE SE ABRIR ESTAS CACHOLAS
QUE MANTEM A MENTIRA DOENTE

COM CERTEZA QUE VIERAM A FRENTE
MAS A MAIORIA PIA NO OPOSTO
E A DOENCA DOENTIA DE MUITOS
PERSISTE MESMO EM AGOSTO

O ANIVERSARIO ESTA PRESTES
E A LUZ DA RIBALTA
MEUS IRMAOS "IS ABOUT TIME"
DE DAR UMA ALEGRIA A NOSSA MALTA


UM ABRACO

MAU DICK

Fábrica dos Blogs said...

Caro Maracujá

Porque faço parte da "Fábrica dos Blogs" peço-lhe o favor de divulgar este comunicado dos meus companheiros.

Um abraço do António Veríssimo

Serve o presente escrito para lhe solicitar o favor de divulgar a mudança de endereço electónico do "TIMOR LOROSAE NAÇÃO".
O motivo relaciona-se com os problemas que vimos experimentando para trabalhar com os blogues da "Fábrica dos Blogs", até agora com servidor da Nireblog.
Também os leitores têm vindo a experimentar sérias dificuldades em acessar os nossos blogues e, principalmente o "Timor Lorosae Nação", por esse motivo decidimos mudar para a Blogspot.
A situação já aconteçe há mais de 48 horas pelo que tivemos de optar por esta decisão.
Ainda não nos foi dada uma explicação credivel pelo está a acontecer por parte da Nireblog, o que não é habitual.
Agradecemos a sua compreensão e disponibilidade solidária.
Pela nossa parte disponha sempre.

Cumprimentos

J. Silva Pinto

FÁBRICA DOS BLOGS


O alerta que solicitamos que publique é o seguinte:

BLOG “TIMOR LOROSAE NAÇÃO” EM BLOGSPOT

DEVIDO A AVARIAS TÉCNICAS INSUPERÁVEIS, ATÉ AO MOMENTO, OPTÁMOS PELA APRESENTAÇÃO DO “TIMOR LOROSAE NAÇÃO” EM BLOGSPOT.
OS RESTANTES BLOGS DA “FÁBRICA DOS BLOGS”, ATÉ AGORA COM SERVIDOR NIREBLOG, TERÃO O SEU DESTINO REAVALIADO OPORTUNAMENTE.
PEDIMOS DESCULPA PELO OCORRIDO.

O NOVO ENDEREÇO É: http://timorlorosaenacao.blogspot.com

POSTERIORMENTE, APÓS O ESCLARECIMENTO TÉCNICO DA SITUAÇÃO, DECIDIREMOS SE A MUDANÇA SERÁ PROVISÓRIA OU DEFINITIVA.

Anonymous said...

LENDA TIMORENSE SEMPRE ACTUAL

(DESUNIDADE, INERCIA E RETROCESSO)

CONTA A LENDA DO MAU DASSA RAI QUE A DESUNIDADE, INERCIA E RETROCESSO, TRES VERDADEIROS MOSQUITEIROS, MUI QUOTIDIANOS, VIVIAM NUM PAIS LINDO DE MORRER ONDE OS MAIS "CABECUDOS", UM BELO DIA DECIDIRAM MEDIR FORCAS PARA INGLES VER.
A DESUNIDADE NAO QUERIA POR FORCA ALGUMA FICAR DE FORA NA CONSTRUCAO DO BUSTO DE "ELVIS".
A INERCIA ALIOU-SE AO RETROCESSO E SO QUERIAM CONSTRUIR O BUSTO DO "BORAT".
PERNAS PARA QUI, PERNAS PRA COLA, E, AS TANTAS O MAUN CATUAS DECIDIU INTERVIR E CRIAR UM BUSTO DE LADOS DUPLOS.
CRIOU-SE UM BUSTO COM UM LADO A "ELVIS" E O OUTRO A "BORAT".
DEU-SE-LHE O NOME ARABICO DE "EL BORATVIS"

UM ABRACO

MAU DICK