Thursday, November 15, 2007

Coleção reúne poesias de língua portuguesa



Da Redação
Mundo Lusíada

No passado dia 04 de outubro, foi lançado em Porto Alegre (RS) a Coleção Pôépurú, com poesias de Língua Portuguesa. O editor e poeta Paulo Bacedônio reuniu poetas clássicos e contemporâneos dos oito países de língua oficial portuguesa para este trabalho.

Com projeto de um livro de bolso "semi-artesanal", a Coleção Pôépurú tem uma tiragem de 50 mil exemplares, 22 páginas de poesia, com miolo impresso e capa colorida, acabamento manual e costurado com barbante.

O primeiro volume a ser lançado traz 5 poemas barrocos, de Manuel Botelho de Oliveira, poeta nascido em 1636 na Bahia, e falecido em 1711. Segundo a assessoria de Bacedônio, o primeiro poeta nascido no Brasil e o primeiro a publicar em livro. Em 1705 publicou Música do parnaso, obra que reúne poemas em português, espanhol, italiano e latim.

No volume 2, Sonetos, de Antero de Quental, poeta nascido em 1842 em Ponta Delgada, no arquipélago luso dos Açores, e falecido em 1891, é um dos maiores sonetistas da língua portuguesa, ao lado de Luís de Camões e Bocage.

O projeto que traz poesias de Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Timor Leste, foi lançado no Caffè di Trento, no Centro Cultural CEEE / Erico Verissimo (Rua dos Andradas, 1223 Porto Alegre, RS),

Editor e Poeta
Integrado no mundo poético, Paulo Bacedônio já esteve participando das Comemorações do Bicentenário de Nascimento do Poeta Manoel de Araújo Porto-Alegre, e como editor lançou em 2006 a publicação Colombo (fragmento do canto XXVI), uma edição especial de resgate histórico, com a ortografia da 1ª edição de 1866, em parceria com a Secretaria de Cultura de Rio Pardo/RS. Neste ano, lançou ainda Poemas, do poeta, professor, e crítico português António Soares.

É autor de obras como Embrionário (1996), Livro cálido (2005) e IV poemas (2006). Participou de Congressos Brasileiros de Poesia, em Bento Gonçalves/RS e do 1º Encontro Internacional de Poesia, com escritores brasileiros e uruguaios, além da 7ª Bienal Internacional de Poesia Visual/Experimental do México. E assim, tem divulgado seus poemas em diversos países.

1 comment:

Eduardo de Paula Barreto said...

Olá amigos,

Gostaria de compartilhar com vocês os 1.200 poemas rimados, de minha autoria, que reuni na página: www.opoetizador.com

Espero que gostem.

Abraços,

Eduardo de Paula Barreto
São Paulo- SP / Brasil